Notícias

UNFPA lança Relatorio 2012

Relatório do UNFPA destaca benefícios económicos do planeamento familiar

 

Nações Unidas, Nova York, 14 de Novembro de 2012 -  Nações Unidas, Nova York – O acesso ao planeamento familiar, que é um direito humano essencial, produz um retorno sem precedentes para o desenvolvimento económico. Os custos de ignorar esse direito incluem pobreza, exclusão, problemas de saúde e desigualdade de género, de acordo com o novo relatório do UNFPA, o Fundo de População das Nações Unidas.

O Relatório sobre a Situação da População Mundial 2012: Por escolha, não por acaso: Planeamento Familiar, Direitos Humanos e Desenvolvimento  lançado mundialmente neste dia 14 de Novembro apresenta evidências do impacto económico positivo do planeamento familiar nas famílias, comunidades e países.

O relatório foi lançado em Berlim, Genebra, Haia, Londres, Madrid, Paris, Roma, Estocolmo, Tóquio, Washington D.C., e mais de 100 outras capitais ao redor do mundo.

Em Cabo Verde o lançamento oficial será feito brevemente numa data a ser anunciada.

Para aceder ao Resumo do Relatório sobre a Situação da População Mundial 2012.

O UNFPA trabalha para criar um mundo em que todas as gestações sejam desejadas, todos os partos sejam seguros e cada jovem alcance seu potencial.

 

Share |