Notícias

 

Cabo Verde realiza exercício de planicação nacional em sintonia com os ODS

 

Nações Unidas, 31 de janeiro de 2017 - Decorre na Cidade da Praia, o workshop “Foresight”, organizado pelo Governo de Cabo Verde, e que conta com a parceria das Nações Unidas, particularmente do PNUD.

Com este exercício, o Governo de Cabo Verde pretende envolver a participação de todos os atores sociais e políticos na prospeção em relação desenvolvimento sustentável do país e em consequência, ao futuro.

Para a Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde e Representante do PNUD, Ulrika Richardson, “Grande parte do êxito da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável de 2030 - e planos nacionais, e no caso de Cabo Verde, o PEDS - dependerá da capacidade das instituições de serviço público nacionais e subnacionais - com estes desafios - de transformar as palavras em resultados tangíveis para todos os cidadãos. Isso não é uma dádiva. As administrações públicas, tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento, enfrentam restrições consideráveis em termos de capacidade. Além disso, as características essenciais da administração pública clássica são a racionalidade, previsibilidade e hierarquia. Muitas das suas estruturas, procedimentos e resultados baseiam-se nestes princípios”.

Ainda, de acordo com Ulrika Richardson, para o Governo de Cabo Verde e mais especificamente, na preparação do Programa Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS), foresight (prospectiva) pode ser útil, uma vez que poderá ajudar a identificar e explorar as potenciais mudanças nos ambientes operacionais do país, incluindo desafios e oportunidades emergentes. Tal como previsto na metodologia da elaboração do PEDS, espera-se que este foresight estratégico ajude os participantes a identificar oportunidades estratégicas futuras e concretas que favoreçam para alcançar os objectivos estratégicos do novo programa do Governo e identificar áreas de políticas estratégicas e programas coerentes para que os PEDS os realizem.

Por seu lado, o Ministro das Finanças, Dr. Olavio Correia realçou que “a meta do Governo é ter uma visão coletiva, em relação aquilo que deve ser o país nos próximos anos. Procuramos trazer essa ambição para o próximo Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS) 2017-2021. Este processo tem que ser abrangente, tem que ser inclusivo. Temos de levar todos a participar e a colocar na mesa as suas ambições, as suas expectativas e podemos, a partir daí, construir uma visão conjunta e partilhada”.

Este workshop tem como objetivos introduzir os princípios e as ferramentas de análise prospetivas, que é importante para que se possa avançar para projetos mais sectórias e mais regionais e identificar oportunidades estratégicas futuras, mas também, os desafios e os riscos para atingir os objetivos delineados, que devemos ter sempre presentes no processo do Planeamento”,destacou o Ministro.

A realização deste workshop, que decorre de 30 de Janeiro  a 3 de Fevereiro, vem na sequencia de varias iniciativas organizadas pelo Governo de Cabo Verde que, em resposta aos compromissos internacionais, têm levado a cabo visando o alinhamento do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável de Cabo Verde com os ODS. Com os seus 17 objetivos é, de facto, uma agenda transformadora que visa a impactar cinco grandes áreas ligadas as Pessoas, Planetas, Paz, Prosperidade e Parcerias (conhecido como 5 Ps). Mas também esta nova agenda global traz uma premissa e um princípio inspiradores que é não deixar ninguém para trás, o que nos interpela necessariamente a integrar as três dimensões do desenvolvimento humano- económico, social e, agora acrescentado pela dimensão ambiental – para torna-lo sustentável.

Recorde-se que processo para a preparação do PEDS foi lançado, na semana passada, pleo Ministro das Finanças, Dr. Olavo Correia, mas as linhas estratégicas e os sectores já estão definidos. Grupos de trabalho irão debruçar-se nos próximos três meses na definição das acções prioritárias e as formas de mobilização dos recursos para sua implementação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share |