Notícias

 

Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde e Ministério da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos assinam MoU sobre esforços conjuntos para uma resposta coordenada para a Juventude em Cabo Verde

 

Nações Unidas, Praia, 19 de Novembro de 2013 - O Ministério da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos, e o Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, procederam hoje, 19 de Novembro, à assinatura de um Memorando de Entendimento(MoU)  sobre esforços conjuntos para uma resposta coordenada para a Juventude em Cabo Verde para o período 2014-2016. O acto tevel ugar na Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde.

Durante a cerimonia oficial a Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde,Ulrika Richardson Golinski, sublinhou a importância  de ter em conta novos desafios da juventude, como a transição demográfica, sócio-cultural e económica. “Não podemos deixar, por isso, de referir da janela de oportunidades que poderá ser o actual bónus demográfico, se juntos conseguirmos ajudar a transforma-lo em dividendo demográfico, com a promoção do acesso a novas oportunidades para o desenvolvimento, com particular impacto sobre os jovens” declarou a Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas, destacando também a necessidade de concertar os esforços em beneficio dos jovens, para permitir a ajudar a mudar a situação a favor dos mesmos e do desenvolvimento do país.

O referido Memorando de Entendimento e regido por alguns princípios orientadores, como: (i) a liderança do Governo para orientar os parceiros de desenvolvimento em áreas prioritárias;(ii) a juventude como o grande actor do seu próprio desenvolvimento; (iii) a inclusão das partes interessadas, incluindo o sector privado e a sociedade civil; (iv) a priorização das intervenções baseadas em evidências visando contribuir para os resultados nacionais sobre Juventude, entre outros.

Por seu lado a Ministra da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos, Janira Hopffer Almada, realçou em como o Governo  de Cabo Verde consagrou no seu programa a juventude como uma das suas quatros questões transversais, juntamente ao ambiente, a questão do  género e o emprego. Segundo a Ministra um dos primeiros grandes ganhos deste memorandum não é somente o facto  de reiterar o reconhecimento desta transversalidade da juventude para poder atuar em consonância com todos os parceiros envolvidos neste sector, mas também poder garantir por parte de todas as agências do  Sistema  das Nações Unidas uma atenção e um tratamento diferenciado à juventude que pela sua  natureza, especificidade e desafios que comporta no país,  merece uma atenção particular. 

Recorde-se que o Governo de Cabo Verde e o Sistema das Nações Unidas organizaram uma Mesa Redonda, em Junho deste ano, sobre a Juventude em Cabo Verde, que contou com a presença de vários directores regionais e altos dirigentes das agências residentes e não residentes. A referida Mesa Redonda, culminado com a concordância em elaborar o presente Memorando de Entendimento, apresentou-se como uma excelente oportunidade para as diferentes agências das Nações Unidas que cooperam com Cabo Verde, analisarem asprioridades para o sector, e de forma coordenada adequarem as suas respostas e intervenções aos desafios que se impõem conjuntamente  as prioridades definidas pelo Governo.

Neste sentido, em parceria com o Ministério da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos, as Nações Unidas têm cooperado através de assistência técnica e financeira e na implementação de várias iniciativas ligadas à Juventude em Cabo Verde, que figuram desde a produção de evidências e análises que servem de base à formulação e implementação de políticas públicas, à execução directa de projectos em colaboração com instituições governamentais e não-governamentais.

 

 

 

 


Share |