Notícias

Comemoração dos 35 anos do PMI/PF

Governo de Cabo Verde condecora o UNFPA e o UNICEF

 

Nações Unidas, Nova York, 13 de Novembro de 2012 -  Por ocasião das comemorações dos 35 anos da criação  e implementação do Programa Materno-Infantil/Planeamento Familiar, conhecido como PMI/PF, o Governo de Cabo Verde, decidiu condecorar com o 1º Grau da Medalha de Serviços Distintos o UNFPA e UNICEF, na pessoa da Senhora Petra Lantz, Coordenadora do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde e Representante do UNDP, UNFPA e UNICEF, em reconhecimento do contributo que estas duas agências do Sistema das Nações Unidas dispensaram e continuam a dispensar  para o avanço, os ganhos e sucessos do Programa Materno Infantil em Cabo Verde.

A cerimónia que  teve lugar no dia 22 de Novembro  decorreu no Centro Cultural do Mindelo e foi presidida por S. Excia Senhora Ministra de Estado e da Saude, Dra. Cristina Fontes Lima  em representação do Primeiro  Ministro de Cabo Verde, Dr. Jose Maria Neves.

Já na abertura oficial das celebrações dos 35 anos do PMI-PF, a Ministra de Estado e da Saude, Dra. Cristina Fontes Lima, ao referir-se ao fim da missão da Senhora Petra Lantz, considerou que esta é uma oportunidade para destacar como uma personalidade que “personifica bem” a entrega e possibilidade de as organizações internacionais “fazerem a diferença”, conforme noticia a Inforpress.

A Ministra Cristina Fontes acrescentou que “Com a presença nesta cerimónia, Petra Lantz não podia terminar melhor a sua missão em Cabo Verde, já que pôs a alma e a humanidade em cada missão, num grande juntar de mãos mundial em que os representantes das Nações Unidas têm esta performance”.

Por outro lado, no seu discurso, a Senhora Petra Lantz, considerou o trabalho de 35 anos do Programa Materno Infantil e de Planeamento Familiar (PMI/PF), como uma das explicações para o nível de desenvolvimento que o país atingiu, argumentando que  o sucesso de Cabo Verde neste sector tem permitido que o país seja um dos poucos países em África, senão o único no bom caminho para atingir as metas dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) em 2015.

Os resultados alcançados, acrescentou, na redução das taxas de mortalidade infantil e materna, na redução das morbilidades por doenças preveníeis pela vacinação, na disponibilização dos produtos de saúde reprodutiva e “boa taxa” de prevalência contraceptiva, “são parte” desses resultados “notórios”.

Por isso, reiterou a “inteira disponibilidade” das Nações Unidos em colaborar com o país nesta “tarefa dignificante e estimulante” que é a da promoção da saúde do bem-estar da população cabo-verdiana

Recorde-se que o Programa Materno Infantil/Planeamento Familiar (PMI/PF), vigorou de 1977 a 2001, e actualmente é designado como Programa Nacional de Saúde Reprodutiva (PNRS), passando a integrar também os homens. Ainda inclui o Programa Alargado de Vacinação (PAV).

Foram igualmente condecoradas a Organização Não Governamental (ONG) sueca, Radda Barnen,  a Organização das Mulheres de Cabo (OMCV) bem como cidadãos cabo-verdianos Arsénio de Pina, Isaura Gomes, Pedro do Rosário e Maria das Dores Silveira, e quatro cidadãos suecos, pela contribuição na elaboração e implementação do Programa de Protecção Materno Infantil em 1977.

De acordo com a Inforpress, o Governo homenageou ainda algumas dezenas de pessoas, as quais ajudaram, ao longo de três décadas e meia, a "pôr de pé" o sistema de protecção de mães e crianças em todo o país, através do alargamento do projecto PMI-PF.

 

Share |