Notícias

 

Mês de Junho - mês da criança

Nações Unidas, Praia, Junho 2011 - Cabo Verde tem a particularidade de dedicar todo o mês de Junho à Criança Caboverdiana, isso porque o mês em si encerra uma serie de datas alusiva às crianças, que as coloca no centro das atenções e na agenda nacional.

Assim, um pouco por todo o lado, e durante todo o mês de Junho, a Criança Caboverdiana foi sujeito activo de uma vasto programa de celebrações, através da participação em várias acções desenvolvidas, pelas entidades públicas e pela sociedade civil. Com um programa repleto de actividades de carácter social e cultural, o Mês de Junho Mês da Criança teve o seu arranque no dia 1 de Junho dia Internacional da Criança, onde actividades de rua não faltaram, tendo sido realizadas tanto por entidades publicas, sociedade civil e sector privado.

Para assinalar o dia 4 de Junho dia da Criança Dia Internacional da Criança Inocente Vítima de Agressão, as autoridades nacionais, em parceria com as sociedade civil, organizaram uma marcha silenciosa com o objectivo de chamar a atenção para a questão da violação dos direitos das crianças e particularmente para a problemática da violência praticada contra as crianças. Na ocasião, a Representante do UNICEF em Cabo Verde, Senhora Petra Lantz, afirmou que no mundo inteiro existem milhões de crianças que são vitimas de agressões e violência de toda ordem e por isso deve-se reforçar o aspecto da denuncia e criminalizar os actos para que cada criança tenha direito a carinho, amor, saúde e viver em segurança.

De acordo com o Ministro Desenvolvimento Social e Família, Felisberto Vieira, citado pela Inforpress, "O Governo e as autoridades judiciais têm que encontrar respostas para os novos fenómenos, designadamente a chamada prostituição infantil, o turismo sexual, a exploração sexual das crianças, ou seja, encontrar medidas socioeducativas, preventivas, mas sobretudo repressivas muito fortes em relação a esses novos fenómenos".

Sendo ainda o mês de Junho o mês que dedica também um dia a questão do trabalho infantil, Cabo Verde não deixou passar em branco o dia 12 de Junho Dia Internacional para a Erradicação do Trabalho Infantil, através da realização actividade central realizada no Liceu Domingos Ramos, presidida pela Ministra da Educação e Desporto, Dra Fernanda Marque. Na ocasião a Ministra ressaltou a importância da educação no combate ao fenómeno do trabalho infantil, enfatizando que o lugar da criança é na escola.

Entretanto, o dia 16 de Junho Dia da Criança Africana, através de uma acção integrada entre as autoridades nacionais e a sociedade civil, a efeméride congregou esforços para uma sensibilização da sociedade em geral, para a situação em que vivem milhões de crianças no continente africano. Tendo como lema Todos juntos para uma acção urgente a favor das crianças de rua, a actividade central decorreu no Largo do Estádio da Varzea, sob a presidência do Ministro Desenvolvimento Social e Família, Felisberto Vieira, e contou com a presença de entre outros da Representante do UNICEF.

Na ocasião, a Representante do UNICEF em Cabo Verde, Petra Lantz, afirmou que os governos devem manter um compromisso forte para tudo fazer e evitar que crianças estejam na rua. De acordo com a Representante do UNICEF "é necessário manter um compromisso, desenhar actividades e acções concretas para prevenir que as crianças abandonem os seus lares e suas famílias para viverem na rua.

Para o Ministro Desenvolvimento Social e Família, Felisberto Vieira, esse é um momento de "reflexão:, ver a caminhada que já se fez ate agora e definir prioridades para saber para onde vamos" . Felisberto Vieira, afirmou ainda que " em Cabo Verde queremos um forte djunta mon e uma ética de urgência para não haver nenhuma criança a viver na rua"

Share |